"...And all the roads we have to walk are winding...And all the lights that lead us there are blinding..."
1/158 »
Minha alma tem o peso da luz. Tem o peso da música. Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. Tem o peso de uma lembrança. Tem o peso de uma saudade. Tem o peso de um olhar. Pesa como pesa uma ausência. E a lágrima que não se chorou. Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros.
          — Clarice Lispector, último bilhete escrito no hospital da Lagoa, Rio de Janeiro, 7/12/1977.    (via aliterando)

(Source: lispecto-r)

1 year ago - 15,018 notes - (via/original) - tags: clarice, - Reblog this!
1 year ago - 10,619 notes - (via/original) - Reblog this!
Cada mente é um universo infinito.
          — O vendedor de sonhos. (via trecho-de-livros)

(Source: prolificar)

1 year ago - 62,497 notes - (via/original) - Reblog this!
Quando vou ver, já contei minha vida pra primeira pessoa que me deu um pouco de atenção. Já tô rindo alto no restaurante porque não me controlei e fiquei feliz demais. Já escrevi um texto sobre o fulaninho da terça passada… E quando vou ver, lá se foi a mulher misteriosa que eu gostaria tanto de ser. Porque eu jamais poderia ser uma.
          — Tati Bernardi.  (via desinibir)

(Source: alcooltecimentos)

1 year ago - 52,444 notes - (via/original) - Reblog this!
Se você começar a sentir minha falta, lembre-se que eu não fugi. Você que me deixou ir.
          — Renato Russo (via poetasolitari0)

(Source: renovador)

1 year ago - 29,789 notes - (via/original) - Reblog this!
1 year ago - 17,528 notes - (via/original) - Reblog this!
1 year ago - 27,627 notes - (via/original) - Reblog this!
1 year ago - 162 notes - (via/original) - tags: john green, - Reblog this!